Capela Nossa Senhora Aparecida

cpnsa1A história da Capela Nossa Senhora Aparecida começa a se delinear no início dos anos 80, quando algumas pessoas se reuniam nas casas do Parque São João para rezarem o santo terço. Uma destas pessoas, chamada carinhosamente de dona Lelita, sonhava em construir uma capela no bairro, procurou o senhor Osvaldo que trabalhava na prefeitura e era presidente da Associação de Moradores, para buscar uma solução para o problema.

Existia um terreno da prefeitura, onde havia apenas uma velha caixa d’água que iria ser derrubada para a construção de uma casa. O senhor Osvaldo procurou o então vereador Newton de Faria, este conseguiu que o terreno fosse doado para a construção da capela.

cpnsa2Depois que o terreno foi doado passou-se dois anos sem iniciar a obra. Neste período, além dos terços, começaram a ser celebradas Santas Missas pelo Pe. Sebastião, então pároco da Paróquia Nossa Senhora D’Abadia, a cada 15 dias no bairro. A primeira Missa foi celebrada na casa do casal Osvaldo e Ana e contou com apenas 8 pessoas. Este número foi aumentando sempre, obrigando a procurar outra casa com espaço maior: a casa do casal Valtercides e Iolanda, outro casal pioneiro.

Antes de iniciar a construção, com a bênção do Pe. Sebastião, foi realizada uma eleição no bairro para escolher o padroeiro da capela. Nossa Senhora Aparecida foi a padroeira escolhida pela comunidade.

A construção tem início durante a gestão do prefeito Anapolino de Faria (iniciada em 1983) o qual forneceu o projeto arquitetônico e grande parte do material utilizado na obra. Quase toda a obra foi realizada na base de mutirões.

Com material e mão de obra sendo doados, a capela foi erguida rapidamente quase que por milagre. Para o telhado, parte elétrica e um lote onde hoje está o salão houve uma doação do estrangeiro solicitada pelo padre Sebastião. Desta forma, na segunda metade dos anos 80 as Santas Missas já estavam sendo celebradas dentro da capela. No início dos anos 90 a capela recebeu acabamento (pintura e piso).

Em 1996 o padre Juvêncio assumiu a Paróquia N. S. D’Abadia e passou a celebrar a Santa Missa todos os sábados na capela. Este fato fomentou a vivência comunitária, desenvolveu os movimentos e pastorais, propiciando um forte crescimento espiritual e material para a comunidade. Neste período também começaram a ser realizadas as novenas e festas em louvor da padroeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *